testeira-nova-TROPEIRO4.png
testeira-nova-TROPEIRO4.png
TROPEIRO-TITULO.png
TRIPA-LOGO-LEI-E-ASSINATURA.png

MINISTÉRIO DO TURISMO

logo.png

A HISTÓRIA NO LOMBO
Vito D'Alessio 

PRODUTOS.jpg

vontade, apenas a fé inabalável de que era necessário seguir sempre adiante.

 

Os caminhos dos tropeiros seguiam os dos mineradores a quem levavam toda a sorte de produtos, dotados de um escasso aparato, e que vão se processar as vendas e as trocas entre os séculos coloniais até o surgimento das ferrovias e rodovias.

 

Hoje ainda restam tropas remanescentes em alguns recantos isolados dos Andes Bolivianos, nas serras de Minas Gerais, e no sertão de Goiás e Mato Grosso. Quanto mais remota e distante das capitais e dos centros regionais, tão mais vivo encontra-se a atividade tropeira, transportando produtos cada vez mais localizados, entre as roças e a sede das fazendas ou no máximo nas vilas e municípios próximos.

Este Projeto propõe pela primeira vez um documento sobre o fenômeno do tropeirismo na América Latina a partir de uma ótica unificada e a maneira como este ciclo estabeleceu laços tecnológicos e culturais fundamentais para a identidade latina e que são até hoje ignorados pela história oficial.

 

Houve um tempo em que a América Latina transformou se em uma terra de ricos minérios, e que os territórios selvagens que separavam Potosí de Ouro Preto só puderam ser domados por homens destemidos e seus muares incansáveis. Não havia separação entre as terras, o mundo parecia vasto e infindável para pessoas e seus animais.

Era um caminhar de pés no chão, o bridão da cavalgadura bem fixo no rumo determinado, sem grandes vôos de imaginação, sem desvios de

O Livro

Produção e edição limitada de "Tropeiros”, livro de arte com encadernação luxuosa e conceito editorial arrojado.

 

O livro tem por finalidade permitir que o leitor, tenha uma visão global do ‘tropeirismo’ na América Latina, sua importância e integração com o desenvolvimento econômico, cultural e político.

Farta documentação fotográfica, além da utilização de diversos acervos históricos, públicos e particulares. Com textos e fotos de Vito D’Alessio, documentarista e pesquisador premiado.

 

Características Técnicas Edição Bilingue: Português / Inglês,  Tamanho: 26 x 27 cm, Impressão: Off set, 4x4 cores, Papel Couchet 180g.

DOWNLOAD FREE

pdf2.png

e-book TROPEIROS

n° de visitantes

Como as mulas desenharam os primeiros caminhos da América.

A Produção

As etapas documentais usaram automóveis e motocicletas de acordo com o maior potencial de intimidade com o caminho que o veículo proporcionasse. As viagens de pesquisa foram realizadas em automóveis por sua capacidade de  carga e eficiência, enquanto o registro de campo utilizou basicamente a Motocicleta, por sua versatilidade e cumplicidade com o caminho das tropas, capaz de percorrer as rotas originais que ainda resistem ao tempo. Foram cinco rotas percorridas de forma intercalada ao longo de um ano de trabalho documental, tendo como cenários mais de uma dezena de ambientes: Cordilheira dos Andes, Serra do Mar, Pampa, Cerrado, entre outros.

rotas.jpg

Ficha Técnica

Direção Geral / General Direction
VITO D’ALESSIO


Pesquisa e Texto / Research and Text
VITO D'ALESSIO


Direção de Fotografia / Photo Direction
VITO D'ALESSIO


Edição e Arte / Editing and Book Design
LEOPOLDO JOSÉ SILVA

Diretor de Arte / Art Direction

LUIS SCARABEL JR.


Assistente de Pesquisa e Comunicação

Research Assistant and Press Relations
PAULA THEBAS PACHECO


Tradução / Translation
RICHARD PEDICINI

Leis de Incentivo / Incentive Laws

RENATO DUTRA

Assistentes de Produção / Production Assistants

CÍNTHIA PEREIRA DE ARAÚJO

MARTA FERNANDES

MATHEUS SOUZA DE CARO

Assessoria Contábil / Accounting Advice

SF CONTABILIDADE

Pré-Impressão e Impressão / Printing and Pre-press
RR DONNELLEY

3.png
1.png
logo final.png